Fale Conosco Página Principal
 
 

PUBLICAÇÕES


CLIMA TEMPO




LINKS SUGERIDOS



PSICOCAMP

Ultramaratonas


Dicas para os Esportistas e Atletas

 

A feliz realidade do século XXI , uma explosão de longevidade no mundo que no Brasil, já chegou ao redor dos 78 anos. Centenas de pessoas na faixa dos 80 anos ainda atuam profissionalmente com muita qualidade.
Ironia da vida, essa população com mais de 50 anos é a que apresenta a maior incidência de doenças cardiovasculares, além de lesões ortopédicas que atrapalham ou incapacitam a pratica de atividades físicas.
Os conhecimentos científicos modernos indicam que o sedentarismo é um dos mais importantes fatores de risco das doenças cardiovasculares, metabólicas como o diabete e a síndrome metabólica e até de alguns tipos de câncer (de mama e do reto).

Por tudo isso a necessidade de atividade física regular é consenso em todo o mundo.
A maioria das pessoas tem dúvidas sobre como, quando e quanto praticá-las para manter a saúde sem correr riscos. E estas são, obviamente, perguntas que não querem calar em todos nós, depois dos sustos vistos na mídia.
Recomendações oficiais de prevenção epidemiológica divulgadas em 2007, pela American Heart Association, American College of Cardiology e European Society of Cardiology e corroboradas pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, indicam atividades físicas moderadas 4 a 5 vezes/semana (aeróbias) e 2 vezes/semana de fortalecimento e equilíbrio muscular (propriocepção) para a prevenção/manutenção ou reabilitação da saúde.


Não existe dúvida quanto a necessidade da avaliação especializada para conhecer as condições cardiovasculares e físicas, possíveis riscos, na pratica físico/esportiva. De início propomos usar o questionário canadense “PAR-Q (Physical Activity Readiness Questionnaire”, ou Questionário de Prontidão para Atividade Física), um simples sumário pessoal de avaliação pré-participação esportiva. Consta de sete perguntas, para as quais se responde um simples "sim" ou "não", caso alguma resposta for sim, o esportista deverá procurar uma consulta médica antes de participar de atividades físicas.

Se todas respostas forem "não", é baixa a possibilidade do indivíduo ter alguma situação clínica que ofereça risco durante a atividade física naquele momento. Evidente que não substitui a avaliação médica completa, segundo os autores e as Sociedades Médicas Mundiais .

"Questionário de Prontidão para Atividade Física (PAR-Q)"


1. Algum médico já disse que você possui algum problema de coração e que só deveria
realizar atividade física com supervisão por profissionais de saúde?
2. Você sente dores no peito ou sensação de peso ou palpitações quando pratica atividade física?
3. No último mês, você sentiu dores ou algum mal-estar no peito quando praticava atividade física?
4. Você apresenta desequilíbrio devido à tontura e/ou perda de consciência?
5. Você possui algum problema ósseo/articular ou muscular que poderia piorar pela atividade
física?
6. Você toma atualmente algum medicamento para pressão arterial e/ou outro problema de
coração?
7. Sabe de algum outro motivo pelo qual você não deve realizar atividade física?

A avaliação médica regular deve seve ser feita no início do ano ou da temporada:

.Menores de 18 anos: consulta com cardiologista do esporte, eletrocardiograma, e exames de laboratório , o teste ergométrico
.Demais esportistas: incluir o teste ergométrico ou cardiopulmonar feito por cardiologista habilitado, o ecocardiograma será solicitado por decisão médica


Dr. Nabil Ghorayeb
- CREMESP 15715
Doutor em Cardiologia (FMUSP)
Especialista  em  Cardiologia  e Medicina do Esporte

Nossa entrevista no programa Jornal Gente da Radio Band AM e FM, sábado dia 2 de setembro 2017 - Cardiologia e Medicina do Esporte
Ouça aqui  

 

Facebook CardioEsporte Total


 



Última atualização: 25.01.2015, por Lógika
® CardioEsporte - Todos os direitos reservados.